PREENCHA COM SEU EMAIL PARA ASSISTIR
GRATUITAMENTE O PRIMEIRO EPISÓDIO DA MINISSÉRIE FAIXA CORAL
 
Type in your email and watch the first episode
of the miniseries "Red and Black Belt" completely free of charge.
Buscar

Jiu Jitsu: A arte de fazer força


Jiu Jitsu é a arte de fazer força! Na foto, 2 dos melhores, mas qual o competidor de ponta que não é forte? Ainda que haja um ou outro, a maioria avassaladora é de competidores "sarados". Mas de onde então vem esse mito de que a técnica sempre vencerá a força? Para não me extender muito, darei minhas razões com uma breve explicação.



1. Sr. Hélio Gracie nunca teve força e venceu oponentes muito mais fortes.

Este contexto era de "Vale Tudo" onde seus adversários não lutavam, e muitas vezes nem se quer conheciam a Arte Suave. O combate não era Jiu Jitsu vs Jiu Jitsu. Vale a pena lembrar que ele os cansou para vence-los. Ou seja, venceu seus oponentes quando ja não tinham mais força ou dispunham de qualquer explosão muscular significativa a seu favor.


2. Royce nos primeiros torneios do UFC .

Royce fez basicamente o que seu pai havia feito 60 anos antes. Ele eliminou a distância, controlou seus oponentes, levou ou foi levado ao solo e ali se manteve seguro com seu posicionamento, sem disputar força contra gigantes como Dan Severn, Ken Shamrock e outros. Quando a chance apareceu, os finalizou. Como dizia o grande mestre Hélio Gracie:

"A ratoeira nunca persegue o rato. Ela simplesmente dispara quando o rato pisa nela."


3. A Defesa Pessoal do Jiu Jitsu aplicada em situações reais contra agressores mais fortes, destreinados e frequentemente bebados, com sucesso.


Todas estas situações diferem do Jiu Jitsu esportivo aonde os atletas tem habilidades semelhantes. Um exemplo simples seria os homens faixa azul quase sempre vencendo mulheres claramente mais talentosas, habilidosas e graduadas do que eles. Seria porque homens são invariavelmente melhores que as mulheres no Jiu Jitsu ? A resposta é óbvia! A vantagem que os homens tem naturalmente é o nivel de testosterona, a porcentagem de massa muscular e a sua estrutura óssea.

Sim, o Jiu Jitsu competitivo é técnico, porem a força é imprescindível para uma carreira de sucesso.


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo