PREENCHA COM SEU EMAIL PARA ASSISTIR
GRATUITAMENTE O PRIMEIRO EPISÓDIO DA MINISSÉRIE FAIXA CORAL
 
Type in your email and watch the first episode
of the miniseries "Red and Black Belt" completely free of charge.
Buscar

Jiu Jitsu machuca os outros

Alguns anos atrás, encontrei este vídeo onde Stsiapan Papou, da Bielorrússia, carrega Amil Gasimov, do Azerbaijão, depois de ganhar o ouro na final do masculino de Sambo -74kg nos Jogos Europeus de 2015 em Baku, em Junho de 2015. Foi uma bela demonstração de espírito esportivo, pois Papou tinha acabado de finalizar Amil com uma chave de pé muito sinistra e depois o ajudou a sair da área de competição. Eu, claro, postei nas mídias sociais e, a maioria da galera entendeu e curtiu. No entanto, uma querida amiga que não tem nenhum contato com o mundo da luta protestou:


"Por que você gosta disso? Ele machucou o cara! Mas ele foi bem legal depois. Eu sei que é um esporte, mas um esporte onde um machuca o outro".




A objeção foi sincera e eu até recebi um emoji de "carinha triste". É aí que você sabe que o negócio é sério, não é ?

A ideia era clara: o Jiu Jitsu machuca os outros. Como eu poderia esclarecer isso? E se houver milhares de pais, donas de casa, vendedores, sedentários, e muitos outros por aí com a mesma objeção ou preocupação e, por causa disso, estão perdendo os incríveis benefícios do Jiu Jitsu? Naquele momento eu sabia que tinha missao, então decidi desmistificar a ideia de que o Jiu Jitsu machuca:


Primeiro, a parte do "ele machucou o outro". A chave de pé estava encaixada e não havia como sair dela. Papou sabia muito bem disso. A coisa certa a fazer nestas situações é desistir, dar os tres tapinhas. Ele fez uma escolha consciente de não bater, possivelmente por causa do orgulho, ou alguma esperança irracional de sair do golpe. Foi 100% sua escolha de se machucar. Se ele tivesse batido na hora certa, tudo estaria bem.


Por que eu gosto disso? Um dos motivos é porque é a forma mais verdadeira e pura de competição. Fazer gol, cesta, saltar alto, correr rápido pode ser muito emocionante, e eu também assisto, mas nenhuma dessas coisas tem um valor verdadeiro, apenas o valor artificial que lhe atribuímos. Quando você está literalmente tentando defender sua integridade física, o valor e o significado são intrínsecos, não artificiais.

Isto me leva ao próximo ponto: A autodefesa!


A prática freqüente do combate físico, especialmente a luta agarrada a todo o vapor, permitirá aos praticantes defender a si mesmos e a seus entes queridos de forma muito competente, Deus nos livre, se um dia precisarem um dia. É por isso que eu gosto de Jiu Jitsu.


Sei que isto não encerra a discussão, mas como embaixadores do Jiu Jitsu, sem dúvida nos depararemos com este tipo de objeção e, dependendo de nossa resposta, alguém pode de fato vir a experimentar os maravilhosos benefícios da Arte.





12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

BJJFLIX® - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS  2019