PREENCHA COM SEU EMAIL PARA ASSISTIR
GRATUITAMENTE O PRIMEIRO EPISÓDIO DA MINISSÉRIE FAIXA CORAL
 
Type in your email and watch the first episode
of the miniseries "Red and Black Belt" completely free of charge.
Buscar

Vida de Jiu jiteiro: Vencendo as barreiras.

"A trajetória do Jiu Jitsu até a Faixa Preta não tem obstáculos".
Ninguém, Nunca.



Na oratória eles sempre te ensinam: "Nunca faça uma pergunta ao público se você não souber qual será a resposta deles". Esse é um excelente conselho e provavelmente pode salvá-lo de um constrangimento desnecessário. É complicado encontrar essas perguntas certeiras em qualquer assunto, mas mais ainda no Jiu Jitsu, pois temos todos os tipos de pessoas nos tatames. A qualquer hora você encontrará nerds e marombeiros, comunistas e liberais, ricos e pobres, pretos e brancos e muitos mais. Todos afiando seus jogos juntos nos tatames ao redor do mundo. Devido a toda essa diversidade, é praticamente impossível obter uma resposta universal qualquer coisa. A menos que você pergunte aos praticantes de Jiu Jitsu se o caminho para a faixa preta é fácil. Então, você receberá um retumbante "não!"


Todos nós temos histórias para contar e nem todas são lesões e dores nas costas. Na verdade, conheci pessoas que não tiveram nenhum lesão e afirmam não ter nenhuma dor nas costas. (Sortudos miseráveis!) Mas mesmo estes poucos iluminados podem falar sobre ameaças constantes aos seus treinos.


Aqui estão algumas razões pelas quais as pessoas às vezes ficam fora dos tatames:


A família: Esta pode significar muitas coisas. Desde o envelhecimento dos pais até a gravidez, talvez. Há muitas variáveis aqui, mas o bom de tudo isso é que muitas vezes você pode ver o perigo chegando, e se não der, você pelo menos sabe que é uma possibilidade.


Dinheiro: Esta é engraçada, porque a maneira como gastamos nosso dinheiro fala muito sobre quais são nossas verdadeiras prioridades. Alguns de nós temos a capacidade total de assinar aquele contrato de 12 meses e até mesmo pagar adiantado, mas optamos por não nos comprometer e viver mês a mês. Embora isso possa dar certo, muitas vezes não dá. Se um dia de chuva vier, e eles virão, Jiu Jitsu é uma das primeiras coisas canceladas.


Lesões: O post da semana passada foi totalmente dedicado a este prazeroso assunto.


Faixa Azul: Que diabos acontece quando recebemos nossas faixas azuis? Por que tantos de nós desistimos? Eles podem ter um freqüência perfeita em toda a faixa branca. Uma vez graduados a azul, eles são como meias na secadora: Desaparecem, para nunca mais serem vistos de novo. A maldição da faixa azul é real, meus amigos! Mais uma vez, previsível.

As escolas devem ter, e algumas têm, uma metodologia e um plano que inclui um forte foco na prevenção do êxodo em massa do Faixa Azul. Nós, como praticantes, especialmente os mais graduados, devemos estar sempre prontos para encorajá-los a permanecer no jogo, uma vez que sejam promovidos. Eu realmente acredito que a prevenção é o nome do jogo aqui.


Trabalho e carreira: Este é um daqueles em que temos que dar uma de adulto de verdade porque, no final das contas, tudo depende de nossas escolhas. Às vezes pode estar fora de seu controle, mas na maioria das vezes um pequeno (ou não tão pequeno) ajuste daria um jeito. Talvez você possa dizer "não" a essa transferência para o meio do nada em ____________ (Insira aqui o nome do estado que você mais implica e que não tem Jiu Jitsu). Talvez você não precise do dinheiro extra que vem com aquela promoção que colocará um fim aos seus rolas para sempre. Caso você esteja se perguntando: Sim! Acredito que 49 mil por ano com o Jiu Jitsu supera e muito a 76 mil sem ele. Se isso for viável para você, é claro. Muito mais a ser dito aqui, mas o resultado final é que muitas vezes, temos controle sobre o que pensamos que não ter nenhum. Trata-se de fazer escolhas e não há problema em fazer escolhas não convencionais para permanecer nos tatames, se é isso que te faz feliz.


Saúde: Acredito que este é o nosso bem mais importante. Sem ela não há Jiu Jitsu, portanto, talvez seja realmente uma decisão sábia fazer uma pausa para cuidar de nosso corpo para que possamos voltar ainda mais fortes.


A triste realidade é que deixar o Jiu Jitsu, permanente ou temporariamente, é uma coisa que acontece e nenhum de nós é imune a ela. Conhecer o inimigo torna mais fácil identificá-lo quando ele vem atrás de nós. Por que não ter uma surpresinha pronta quando ele vier? Planejar e ser pró-ativo. Essa é provavelmente a maneira mais eficiente de superar os obstáculos na jornada.

Como você planeja e se prepara para os contratempos na sua jornada do Jiu Jitsu?



33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo